top of page

Aumentando a taxa de sucesso com a Estimulação Magnética Transcraniana

Atualizado: 8 de dez. de 2022

Para alguns pacientes, modificações no regime de administração da EMT podem melhorar ainda mais a eficácia antidepressiva.








Parte do sucesso da EMT no tratamento da depressão é fruto não apenas de sua potência biológica mas do regime intensivo de administração, que exige visitas diárias, mas o regime diário pode não ser o melhor ou o suficiente para todo paciente. Esses dois estudos que apresento no vídeo ilustram como, em uma parte dos pacientes, a resposta à EMT só fica bem estabelecida quando, após uma fase intensiva de 6 semanas, o tratamento é complementado por uma fase em regime menos intensivo, com 2 sessões semanais por mais 6 semanas.

É um desafio, no entanto, obter comprometimento do paciente com um programa tão prolongado de visitas, daí a importância de, desde o início, abordar suas expectativas e procurar engajá-lo com comunicação clara, paciente e persistente. Em formas resistentes de depressão, esse esforço de comunicação pode ser a chave para resgatar alguém de anos de sofrimento.


Referências: 1. Kaster TS, Downar J, Vila-Rodriguez F, Thorpe KE, Feffer K, Noda Y, Giacobbe P, Knyahnytska Y, Kennedy SH, Lam RW, Daskalakis ZJ, Blumberger DM. Trajectories of Response to Dorsolateral Prefrontal rTMS in Major Depression: A THREE-D Study. Am J Psychiatry. 2019 May 1;176(5):367-375. doi: 10.1176/appi.ajp.2018.18091096. Epub 2019 Feb 15. PMID: 30764649. Pubmed 2: Yip AG, George MS, Tendler A, Roth Y, Zangen A, Carpenter LL. 61% of unmedicated treatment resistant depression patients who did not respond to acute TMS treatment responded after four weeks of twice weekly deep TMS in the Brainsway pivotal trial. Brain Stimul. 2017 Jul-Aug;10(4):847-849. doi: 10.1016/j.brs.2017.02.013. Epub 2017 Mar 10. PMID: 28330592. Pubmed





60 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo
bottom of page